top of page

Quais são os tipos de agricultura no Brasil?


Descubra quais os tipos de agricultura no Brasil e quais as suas principais características.

A agricultura é uma atividade essencial para o desenvolvimento da economia no Brasil. No entanto, nem todas as formas de agricultura são iguais. Neste artigo, vamos explorar os diversos tipos de agricultura presentes no país, desde os métodos tradicionais até as práticas mais inovadoras.


O que é agricultura?

A agricultura é a atividade responsável pela produção de alimentos, fibras e matérias-primas através do cultivo de plantas e criação de animais. É um dos pilares fundamentais para a subsistência da sociedade e desempenha um papel crucial no desenvolvimento econômico.

No Brasil, a agricultura desempenha um papel de destaque na economia do país, sendo responsável por uma parcela significativa do PIB nacional. 

Conhecido pela sua diversidade agrícola, o Brasil possui cultivos que vão desde a soja e o milho até frutas tropicais como a manga e o abacaxi. Além disso, a pecuária também é uma atividade importante, com a criação de bovinos, suínos e aves para abastecer tanto o mercado interno quanto para exportação.

A agricultura no Brasil também enfrenta desafios, como a necessidade de adoção de práticas sustentáveis para preservar o meio ambiente e garantir a segurança alimentar da população. 

A busca por técnicas de cultivo mais eficientes e o uso responsável dos recursos naturais são temas em constante discussão no setor agrícola brasileiro, visando garantir a continuidade e a prosperidade dessa atividade tão essencial para o país.


Quais são os tipos de agricultura?

Existem diversos tipos de agricultura, cada um com suas características e finalidades específicas. Conheça a seguir os principais:


Agricultura convencional

A agricultura convencional é o modelo mais tradicional de produção agrícola, baseado no uso intensivo de agrotóxicos, fertilizantes sintéticos e maquinários pesados. Essa forma de agricultura tem como objetivo maximizar a produção, porém, pode trazer impactos ambientais negativos, como a contaminação do solo e da água.


Agricultura orgânica

A agricultura orgânica é baseada no cultivo de alimentos sem o uso de agrotóxicos ou fertilizantes químicos. Os agricultores orgânicos adotam práticas sustentáveis, como rotação de culturas e uso de adubos naturais, visando preservar a saúde do solo e a qualidade dos alimentos.


Agricultura familiar

A agricultura familiar é caracterizada pela produção em pequenas propriedades, normalmente conduzida por uma família. Essa forma de agricultura desempenha um papel importante na produção de alimentos para subsistência e no fortalecimento das comunidades rurais.


Agricultura de exportação

A agricultura de exportação é voltada para a produção de commodities agrícolas destinadas ao mercado internacional. O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores mundiais de produtos como soja, café, açúcar e carne bovina.


Agricultura sustentável

A agricultura sustentável busca conciliar a produção agrícola com a preservação do meio ambiente. Nesse modelo, são utilizadas técnicas que visam reduzir o impacto ambiental, como o uso de fertilizantes orgânicos, rotação de culturas e manejo integrado de pragas.


Agricultura de precisão

A agricultura de precisão utiliza a tecnologia para otimizar a produção agrícola. Através de equipamentos de georreferenciamento e monitoramento, os agricultores podem mapear o solo e aplicar insumos de forma precisa, maximizando o rendimento das culturas.



Além dos tipos de agricultura mencionados acima, é importante destacar que o Brasil possui uma grande diversidade de biomas, o que influencia diretamente nas práticas agrícolas adotadas em cada região. 

Por exemplo, na região amazônica, a agricultura de subsistência que é voltada para a produção de alimentos para consumo próprio, é bastante comum, devido à abundância de recursos naturais e à presença de comunidades tradicionais que vivem em harmonia com a floresta.


Já no Cerrado, uma das principais regiões agrícolas do país, a agricultura convencional e a agricultura de exportação são predominantes. Isso se deve às características do solo e ao clima favorável para o cultivo de grãos, como soja e milho, que são amplamente comercializados tanto no mercado interno quanto externo.


No Nordeste brasileiro, a agricultura familiar desempenha um papel fundamental na produção de alimentos e no combate à desertificação. Nessa região, é comum encontrar pequenos agricultores que utilizam técnicas de convivência com o semiárido, como a construção de cisternas e a utilização de plantas nativas adaptadas à escassez de água.


Por fim, na região Sul do Brasil, a procura por alimentos orgânicos tem ganhado destaque nos últimos anos. O clima temperado e a presença de pequenas propriedades rurais propiciam o cultivo de alimentos livres de agrotóxicos, atendendo à demanda crescente por produtos saudáveis e sustentáveis.


Quais são os desafios da agricultura brasileira?

A agricultura brasileira enfrenta diversos desafios, como a necessidade de aumentar a produtividade de forma sustentável, reduzir o uso de agrotóxicos, melhorar a infraestrutura rural e promover a inclusão social dos agricultores familiares.


Além disso, o setor agrícola também precisa lidar com os efeitos das mudanças climáticas, que podem afetar a disponibilidade de água e causar o surgimento de novas pragas e doenças nas lavouras.

Outro problema também enfrentado pela agricultura brasileira é a logística. Devido à extensão territorial do país, o transporte de insumos e produtos agrícolas pode ser complicado e oneroso, impactando diretamente a competitividade do setor. 


Investimentos em infraestrutura de transporte, como rodovias, ferrovias e portos, são essenciais para garantir a eficiência e a redução de custos nesse processo.

Também podemos destacar iniciativas como o consórcio agro, que oferece melhores condições para o produtor rural adquirir veículos que auxiliem no processo de logística dos produtos agrícolas.


Praticar a agroecologia também entra para a lista de pontos que a agricultura brasileira precisa se desenvolver.  

O uso indiscriminado de agrotóxicos tem gerado preocupações ambientais e de saúde pública, tornando urgente a transição para métodos de produção mais sustentáveis e amigáveis ao meio ambiente. 

A agroecologia promove a integração entre sistemas produtivos, a conservação dos recursos naturais e o respeito à biodiversidade, contribuindo para a preservação dos ecossistemas e a segurança alimentar da população.\


O futuro da agricultura no Brasil

A agricultura moderna está vivenciando uma transformação revolucionária, impulsionada por avanços tecnológicos significativos. Essas inovações não apenas aumentam a eficiência e a produtividade das atividades agrícolas, mas também oferecem soluções sustentáveis que ajudam a enfrentar desafios globais como a segurança alimentar e as mudanças climáticas. Algumas tendências futuras para a agricultura são:


  • Agricultura de precisão: utilização de tecnologias como GPS, drones e sensores para coletar dados detalhados sobre solo, clima e culturas;

  • Biotecnologia agrícola: desenvolvimento de culturas geneticamente modificadas para resistir a pragas, doenças e condições climáticas adversas;

  • Automação e robotização: máquinas e equipamentos sofisticados realizando tarefas como plantio, colheita e manejo de rebanhos de forma mais eficiente e precisa;

  • Internet das coisas (IoT) na agricultura: sensores e dispositivos conectados permitem o monitoramento em tempo real de condições ambientais, saúde das plantas e animais, e gestão de maquinário agrícola;

  • Eficiência, sustentabilidade e resiliência: avanços tecnológicos visam tornar a agricultura mais eficiente, sustentável e capaz de enfrentar desafios globais como segurança alimentar e mudanças climáticas.


A Saura está há mais de 18 anos e oferece soluções para quem deseja obter crédito rural com agilidade ou consórcio agro,  para arcar com os custos dessas novas tecnologias. Especializados no segmento de agronegócio, estamos prontos para oferecer suporte personalizado e orientação em todas as etapas do processo.

__________________________________________

O mercado agrícola no Brasil é vital para a economia do país, destacando-se como um setor estratégico. Graças à sua vasta extensão territorial, conhecimento especializado e aos diversos tipos de agricultura, o Brasil figura entre os líderes globais na produção e exportação de alimentos.


Se você está em busca de estratégias de investimento no que diz respeito ao seu meio de produção agrícola, a Saura está pronta para te ajudar!Além disso, se você quer oferecer as soluções que a Saura Mais BB tem para o agronegócio para os seus clientes do Agro, torne-se um parceiro nosso.


Com nossa experiência e eficiência no relacionamento com o Banco do Brasil, tornamos mais fácil o acesso a diferentes formas de crédito rural, adaptadas às suas necessidades específicas e dos seus clientes.





Comments


bottom of page